OPINIÃO: 1º de Maio: uma data para reafirmar as bandeiras imediatas e históricas da classe trabalhadora

41

*Por Dorisval de Lima – dorisval@afbnb.com.br
Diretor de Comunicação e Cultura da AFBNB

 

A classe trabalhadora do mundo todo está em festa neste 1º de maio. Trata-se do seu dia  especial, dedicado às suas lutas, à sua  organização e às suas mobilizações por direitos trabalhistas, conquistas sociais, igualdade, justiça social, por um mundo melhor…

Historicamente este tem sido o formato de comemoração desde que a data foi instituída  como tal, a qual remonta ao ano de 1886, quando cerca de 350.000 trabalhadores organizaram uma greve nos Estados Unidos da América, tendo como epicentro a cidade de Chicago, por melhorias nas condições de trabalho, principalmente pela redução da jornada de trabalho, que na época era 17 hora diárias. O movimento foi covarde e brutalmente reprimido, tendo sido vários trabalhadores presos e assassinados.

As adversidades impostas pelo ‘mundo do trabalho’ – exploração, subtração de direitos, adoecimento, demissões, salários aviltantes, precarização, dentre outras mazelas que denunciam as condições desumanas a que os trabalhadores são submetidos, para assegurar os lucros dos que lhes compram a força de trabalho, movimentar a economia,  para  construir  a riqueza enfim – sem dúvida levam a uma leitura de que não há motivo para comemoração.  No entanto, ao considerar a essência, a base histórica, bem como a natureza pedagógica deste dia, os trabalhadores têm muito a se manifestar, sim!

Mais do que nunca,  em que pese a conjuntura de crise sanitária por conta da pandemia do coronavírus, na qual inclusive, por ser a maior vítima, a classe trabalhadora de todo o mundo precisa se unir, fortalecer sua organização e suas formas de lutas. É coerente, assim, fortalecer as suas entidades de representação e de maneira determinada reafirmar  as suas bandeiras imediatas: melhor condição e jornada de trabalho, melhoria salarial, saúde, previdência, isonomia, etc; bem como as suas bandeiras históricas: superação do sistema de exploração, da dominação, da concentração da riqueza, da miséria enfim; e pela construção de uma nova ordem mundial, sem explorados nem exploradores, equânime, com igualdade e justiça social.

Viva o 1º de Maio!  Dia mundial da classe trabalhadora!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome