Resolução 23 CGPAR: AFBNB ingressa com ação na justiça para sustar efeitos da medida

1033

A respeito da Resolução 23 da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da União (CGPAR) que versa sobre imposições e parâmetros nas empresas estatais no tocante ao custeio dos benefícios de assistência à saúde de seus empregados, a  AFBNB reafirma, assim como fez em outras ocasiões, que tal medida é uma temeridade e aponta para a fragilização dos planos de saúde, e que podem comprometer a sustentabilidade e até mesma a sobrevivência das caixas médicas, no caso específico do BNB, a Camed.

Nesse sentido, seguindo as diretrizes das várias decisões discutidas e deliberadas por seu Conselho de Representantes ao longo dos últimos anos a AFBNB entrou com ação judicial com vistas a sustar os efeitos desta  Resolução, tendo em vista o risco que representam para a Camed e seus assistidos. O processo nº 0806658-77.2020.4.05.8100/2020 tramita na ¨6 Vara Civil Federal (CE).

Associação acompanhará o pleito e informará os próximos desdobramentos na medida em que forem se desenvolvendo na Justiça. Portanto estejamos atentos e vigilantes!

Confira outras matérias sobre o assunto.

https://www.afbnb.com.br/vitoria-dos-trabalhadores-ctasp-aprova-projeto-de-lei-que-susta-resolucao-23-da-cgpar/

Para acompanhar a tramitação do Projeto de Lei que propõe sustar a Resolução 23 da CGPAR acesse https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=2176886

https://www.afbnb.com.br/agenda-institucional-afbnb-participa-de-foruns-em-defesa-dos-bancos-publicos-e-dos-planos-de-autogestao/

1 COMENTÁRIO

  1. Nossa AFBNB está em todas as lutas, em defesa do BNB e dos seus funcionários.
    Aí de nós se não tivéssemos essa representação viva e atuante.
    Parabéns, AFBNB.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome