Suspensão do CDC: BNB atende demanda de funcionários

458

No último dia 5 de maio a AFBNB encaminhou ofício ao Banco do Nordeste do Brasil com a demanda de funcionários para suspensão das parcelas CDC (veja aqui).

O pleito, que também foi encaminha por sindicatos da categoria teve retorno positivo por parte do Banco, que nesta quinta-feira (1) publicou mensagem na qual informa a suspensão dos meses de junho, julho e agosto de 2023. É oportuno lembrar que o pleito da AFBNB também foi encaminhado em relação ao empréstimo de férias, sobre o qual ainda se aguarda retorno favorável.

A Associação considera a medida importante, diante do alto índice de endividamento dos trabalhadores do BNB e das constantes demandas que chegam de associados, ainda que temporariamente, para controle do fluxo de caixa dos funcionários.

Para a AFBNB, a suspensão das parcelas de empréstimo não é solução, mas sim uma medida paliativa necessária quando o orçamento familiar está comprometido acima do razoável. E é justamente por ter este entendimento que a Associação luta por medidas estruturantes, como a revisão no Plano de Cargos dado BNB, com a inclusão de novos níveis; ganho real no salário e uma política interna que auxilie o trabalhador a reduzir o endividamento.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome