AFBNB solicita reunião para tratar do “cartão refeição” e de outras demandas dos trabalhadores

693

A mudança de domínio empresarial do cartão alimentação do BNB vem causando preocupação e muita dor de cabeça nos trabalhadores da instituição desde que foi anunciada. A AFBNB tem recebido relatos vindos de diferentes lugares, que apontam para a limitação na rede credenciada, desconhecimento por parte dos comerciantes locais e, no final das contas, prejuízo e dificuldade para os funcionários, sobretudo os que moram longe dos grandes centros. Um aspecto preocupante é a controvérsia entre a informação passada pela empresa e a realidade concreta, segundo relato dos funcionários.

Sobre o assunto, no último mês de junho a Associação enviou ofício à Diretoria de Administração do Banco solicitando transparência no processo e informações quanto as vantagens e desvantagens da mudança, o histórico da empresa contratada e a relação da rede de atendimento nas regiões de atuação do BNB (veja teor do ofício abaixo).

Mais recentemente, no dia 26 de julho, a Associação enviou ofício à Diretoria Administrativa do BNB e à Superintendência de Logística solicitando reunião para tratar desse e de outros assuntos que têm sido demandados pela base, sobretudo relacionados às condições físicas e de trabalho nas unidades do BNB. A AFBNB está aguardando a confirmação da data da reunião.

A AFBNB está acompanhando a demanda e cobrando do Banco que tome as medidas necessárias de forma que nenhum trabalhador seja prejudicado.

 

Fortaleza – CE, 26 de junho de 2018.

Ao Senhor

Cláudio Luiz Freire Lima
Diretor de Administração
Banco do Nordeste do Brasil S/A

Assunto: Cartão alimentação – Mudança de domínio empresarial

Senhor Diretor,

A Associação dos Funcionários do Banco do Nordeste do Brasil – AFBNB – tem recebido nos últimos dias diversos questionamentos de funcionários a respeito da mudança de domínio empresarial do cartão alimentação. As mensagens que têm chegado à AFBNB sobre o assunto exigem informações e justificativas plausíveis sobre o processo.

Consideramos pertinentes as inquietações manifestadas, o que é muito natural, haja vista tratar-se de benefício conquistado com muita luta pelos trabalhadores. Assim, solicitamos maiores informações sobre o andamento do processo em curso, no sentido de que as mesmas sejam prestadas com transparência. Destacamos que as vantagens e desvantagens da mudança, o histórico da empresa definida e a relação da rede de atendimento (aceitação) nas regiões de atuação do BNB, são algumas das informações ora demandadas.

No aguardo de nosso pleito, apresentamos nossos agradecimentos e ratificamos votos de estima e consideração.

Atenciosamente,

Rita Josina Feitosa da Silva

Diretora – Presidente

 ========================

Fortaleza-CE, 26 de Julho de 2018.

Ao Senhor

Cláudio Luiz Freire Lima

Diretor Administrativo

Banco do Nordeste do Brasil

Assunto: Solicitação de reunião

 Senhor Diretor,

         Constantemente chegam à AFBNB demandas das unidades do Banco, as quais são constatadas in loco quando dos encontros realizados pelos dirigentes desta Associação. São questões relacionadas às condições físicas e de trabalho nas unidades do BNB: equipamentos, instalações, contratos e serviços, além de outros aspectos pertinentes.

Assim, para tratar destas pautas, vimos solicitar reunião com esta Área, no sentido  de dialogar sobre estas demandas buscando soluções que atendam às expectativas dos trabalhadores do BNB.

Certa de contarmos com o atendimento de nossos pleitos, colocamo-nos à disposição para o agendamento da reunião.

Respeitosamente,

 

                               Rita Josina Feitosa da Silva

                                     Diretora-presidente

 

                        Com cópia para Superintendência de Logística

1 COMENTÁRIO

  1. gostaria que nessa reunião fosse tratado sobre outro assunto, além dos que já foram citados, que seria: que os advogados deveriam bater ponto como outro funcionário, pois quando os mesmos precisam trabalhar fora do horário de trabalho, não recebem hora extra, nem podem acumular as hora como os demais funcionários do banco, sob o argumento de que não batem ponto. nenhuma atividade do advogado justifica não bater ponto, pois quando viajamos a serviço ou vamos fazer uma audiência que extrapola horário da jornada de trabalho, no outro dia basta justificar no sistema e gestor que tem o conhecimento validar.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome