Bancos públicos são ferramentas de desenvolvimento, diz especialista

80
Pedro Rossi avalia que a consolidação do mercado de consumo estimulado pelos bancos públicos contribui para o crescimento da economia
Allisson Bacelar
IMG_2319.JPG

Rossi explicou que, em momentos de crise, os bancos públicos brasileiros induziram e estimularam o gasto da população

Durante a série Diálogos Capitais, nesta quarta, 29, em Teresina, Rossi abordou que a consolidação do mercado de consumo de massas incitado pelos bancos públicos contribuiu para o crescimento da economia brasileira.

“Esse mercado foi a engrenagem do desenvolvimento do país no Governo Lula e os bancos públicos tiveram um papel fundamental nessa política, uma vez que a relação crédito/PIB no país dobrou de 2004 a 2014, além de possibilitar a democratização do acesso ao crédito”, avalia o especialista.

Sobre a medida anticíclica, Rossi explicou que, em momentos de crise, os bancos públicos brasileiros induziram e estimularam o gasto da população por meio da expansão desses entes financeiros enquanto que a tendência dos bancos privados era sempre de se retrair e essa medida, sem dúvida, foi de grande auxílio na crise.

Ainda segundo Rossi, outra função de fundamental importância desempenhada pelos bancos públicos é a de enfrentar o oligopólio financeiro e as taxas de juros, aumentando, assim, a concorrência no setor bancário. “É uma função primordial, que auxilia combate um comando muitas vezes desigual dos bancos privados”, avalia.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome