28 de agosto – Dia do/a bancário/a

49

O correr da vida embrulha tudo.
A vida é assim: esquenta e esfria,
aperta e daí afrouxa,
sossega e depois desinquieta.
O que ela quer da gente é coragem
(Guimarães Rosa)

Aos trabalhadores/as bancários/as, em especial aos que contribuem para a nobre missão de desenvolvimento regional no Banco do Nordeste do Brasil, o nosso reconhecimento e respeito hoje e sempre!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome