8 de março: Dia Internacional da Mulher

290



O Dia Internacional da Mulher surgiu em um contexto de luta, quando mulheres mundo afora reivindicavam melhorias nas condições de trabalho, de vida, seu reconhecimento no espaço público e privado e com isso, direitos.


Muitos anos se passaram desde aquele incêndio que matou trabalhadoras do setor têxtil de Nova York, fato atribuído à data de 8 de março. Muitas lutas ocorreram e hoje o direito de votar, de ser eleita democraticamente a um cargo político, licença-maternidade para as que estão no mercado de trabalho são algumas das modificações que vimos ocorrer na legislação brasileira nesse período. Reconhecemos nos ambientes profissionais as mulheres ocupando altos cargos burocráticos e fazendo atividades antes tidas especificamente como masculinas. Ainda que em menor escala, elas estão desempenhando funções nos transportes coletivos e na construção civil, por exemplo.


As razões de mobilização ganharam, contudo, dimensões multilaterais. As necessidades hoje vão além da igualdade salarial – embora essa luta ainda precise ser travada. As mulheres, com o apoio de movimentos sociais, lutam pela liberdade: de ir e vir, de se vestir e de ser. Lutam pelo direito de escolha. Atualmente, a batalha é regada à filosofia, visando à desconstrução de paradigmas e de “pré-conceitos”. Apesar das conquistas, os desafios continuam o que nos impulsiona à solidariedade e à organização. 


No último dia 3 de março, o Senado aprovou o projeto de lei 8305/14, que, entre outras proposições enquadra o feminicídio – assassinato de mulher em razão de sua condição de sexo feminino – na lista de crimes hediondos. Aprovado, ele aguarda a sansão presidencial.


A AFBNB se soma à luta das mulheres, em especial às bancárias, e comemora as conquistas que fazem parte do universo feminino e as mudanças que favorecem a igualdade de gênero. Ratifica a luta em prol da causa e, com muito orgulho, deseja um Feliz Dia Internacional da Mulher. Que todas as mulheres sejam respeitadas em todos os espaços!


AFBNB ao lado das trabalhadoras!


Gestão Autonomia e Luta


Source: Notícias – 600

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome