BNB – 70 anos em prol do desenvolvimento

20

Confira abaixo artigo publicado hoje no jornal O Estado, no qual a diretora-presidente da AFBNB, Rita Josina Feitosa, relembra o contexto de criação do BNB e sua importância para a redução das desigualdades.

BNB – 70 anos em prol do desenvolvimento

*Por Rita Josina Feitosa

A década de 1950 começou com uma grande seca no Nordeste, que se prolongou até 1953. A região, que havia abrigado a primeira capital do Brasil – Salvador – ainda no período colonial, apenas resistia entre uma seca e outra, cada uma mais severa e com grandes consequências para a população e a economia. Isso ocorria não pelo fenômeno climático em si, mas pela total ausência de políticas públicas sustentáveis e de mecanismos de convivência com o semiárido.

Foi nesse cenário de escassez, no qual as potencialidades da região não se desenvolviam, que nasceu o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) em 1952. Seu diferencial se mostrou logo desde o início: incluir, por meio da ação diferenciada do crédito, os excluídos do sistema financeiro.

Passados 70 anos, o cenário econômico e social do Nordeste brasileiro é outro. A região exporta frutas, produz vinho, se destaca na produção de energias renováveis e em todas essas atividades produtivas se vê a mão do Banco do Nordeste, responsável ainda pelo maior programa de microcrédito orientado da América Latina, o Crediamigo. Reconhecido e respeitado por pequenos e grandes empresários, do campo e da cidade; com um quadro de trabalhadores especializado e fazendo a diferença sobretudo nos momentos de crise, o BNB cumpre sua missão para a qual foi criado.

Os desafios são constantes e enquanto as desigualdades entre as regiões e intrarregionais persistirem, a ação do BNB se faz necessária, integrada a uma política nacional de desenvolvimento, com recorte regional, que contemple a sustentabilidade, com respeito ao meio ambiente e à vida. Somado a isso, o fortalecimento das demais instituições públicas focadas na melhoria das condições de vida dos brasileiros.

A Associação dos Funcionários do BNB (AFBNB), que nasceu com a missão de fortalecer o BNB em sua ação desenvolvimentista e defender seus trabalhadores, assim tem feito há 36 anos. Celebrar os 70 anos do Banco do Nordeste é reconhecer seu papel e atuação constante em toda a área em que atua, acumulando conquistas e se consolidando como instrumento diferenciado, em um processo constante de inovação.  A AFBNB reitera o respeito a essa trajetória e a disposição em continuar trabalhando para que o BNB e seus trabalhadores sejam valorizados pelo seu trabalho e compromisso ao longo da história. Vida longa ao BNB!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome