Sequestro em Caruaru – a AFBNB se solidariza com bancários e familiares vítimas de violência

230


Essa semana começou com a divulgação de uma notícia triste para os trabalhores do BNB de Caruaru: um dos funcionários teve a família feita refém, tendo o mesmo sido sequestrado e obrigado a dar dinheiro em troca da liberdade dos familiares (veja cobertura aqui )


Ao tempo em que a AFBNB se solidariza com o funcionário em questão e com os demais trabalhadores da agência, espera que o Banco providencie todo apoio necessário ao caso, inclusive psicológico e que as autoridades identifiquem e responsabilizem os autores do crime.


Essa não é a primeira vez que esse tipo de violência acomete bancários de todas as instituições – entre elas o BNB – demonstrando o quão necessárias são as políticas de prevenção e de segurança, dentro e fora dos bancos.


 


DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome