Recadastramento Camed: AFBNB reafirma entendimento contrário e aguarda decisão da justiça

711

Em decorrência de várias demandas que têm chegado de associados à AFBNB questionando a insistência da Caixa de Assistência Médica dos funcionários do BNB – Camed para a adesão ao recadastramento de dados iniciado em outubro de 2017, a Associação mais uma vez manifesta seu entendimento contrário à medida.

Conforme enfatizado desde o início, a AFBNB considera desnecessário o procedimento, haja vista o mesmo não constituir de fato um recadastramento – que se caracteriza pela reafirmação ou renovação de dados pessoais – mas uma forma subliminar de homologação de decisões sobre as quais não se tem total conhecimento ou elementos para tal.

Em decorrência disso, e por não ter havido êxito na reversão da medida diante das manifestações e cobranças da AFBNB à Camed, a alternativa encontrada foi o ajuizamento de ação na justiça com o objetivo de sustar o recadastramento, a qual se encontra em trâmite, no aguardo da decisão.

Com base nessa fundamentação, a AFBNB reitera seu entendimento contrário e reafirma a mesma orientação, qual seja, a não adesão ao referido recadastramento.

Gestão Unidade e Luta

A AFBNB firme, com resistência e autonomia!

Releia a seguir abordagens anteriores sobre o assunto:

Recadastramento Camed: AFBNB reafirma entendimento contrário e aguarda decisão da justiça

Recadastramento da Camed: AFBNB reafirma entendimento em contrário

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome