No terceiro dia de Agenda Institucional em Brasília, AFBNB realiza interlocução com parlamentares

237


Na última quinta-feira (16), a AFBNB representada pelos diretores  Alci Lacerda, Waldenir Britto e pela Presidente Rita Josina, estiveram na Capital Federal cumprindo audiências solicitadas a todas as lideranças de partidos com parlamentares nordestinos no Congresso Nacional, tratando de pautas de interesse da Região, do BNB e dos trabalhadores do Banco do Nordeste.



Pela liderança do PT no Senado foi realizada audiência com o Senador José Pimentel (PT-CE) e pela liderança da minoria na Câmara com o deputado José Guimarães (PT-CE). Na reunião com José Pimentel o grande debate foi quanto ao veto do Presidente Interino Michel Temer à Medida Provisória 707/2015 nos artigos que permitiriam a renegociação de dívidas de agricultores da Região Nordeste, que havia sido articulada com o Governo, com o Ministério da Fazenda, com a Secretaria do Tesouro Nacional e com as entidades de produtores e trabalhadores, e que interessa diretamente ao BNB, haja vista não só a possibilidade de recuperação de estoque de ativos para a Instituição, mas da capacidade de investimento por parte de parcela importante de produtores rurais. A luta agora é no sentido de mobilizar a sociedade nordestina para que a MP 733/2016, editada em substituição à 707, possa ser emendada visando preservar importantes pontos do veto do governo interino.


Na audiência com a liderança da minoria na Câmara foram colocados à mesa os projetos relativos à expansão da área da Sudene para MG, ES e RJ (PLP 76/2007), à flexibilização da operacionalização do FNE (PL 532/2015), ao retorno dos juros dos fundos constitucionais aos patamares de 2015 (PDC 328/2016 e apensos), além do PL 343/2007, de reintegração dos demitidos da gestão Byron Queiroz, no governo FHC.


Na impossibilidade de agenda com o Deputado André Moura (PSC/SE), liderança do Governo na Câmara, foi realizada reunião com o Chefe de Gabinete, Gilberto de Almeida, oportunidade em que a AFBNB solicitou posicionamento e apoio do deputado em relação aos pontos destacados em ofício protocolado (leia aqui). Os diretores discorreram sobre a importância de neste momento de grandes decisões serem garantidas as prerrogativas constitucionais quanto ao desenvolvimento regional e o fortalecimento dos órgãos regionais, que viabilizam a implementação das políticas públicas na região Nordeste.


Ainda no Congresso, os diretores da AFBNB estiveram nos gabinetes de lideranças partidárias como o Deputado Wewerton Rocha (PDT-MA) e Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) onde protocolaram ofícios, assim como os de Luciana Santos (PCdoB-PE) e da Senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM).


A AFBNB encerrou mais uma agenda institucional em Brasília, com interlocuções as quais considera de grande importância, na medida em que visam a evitar retrocessos para à Nação e à atuação do Banco do Nordeste diante da atual conjuntura política nacional.


AFBNB, há 30 anos, ao lados dos trabalhadores!


Gestão Autonomia e Luta 


Source: Notícias – 400

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome