Prevenção ao coronavírus – “Grupo de Risco”: BNB atende demanda dos trabalhadores

368

Desde o primeiro momento em que o BNB anunciou o cronograma de retorno dos funcionários que se encontravam no sistema de  “teletrabalho” às atividades presenciais, a AFBNB buscou a interlocução com o Banco no sentido de se ter cautela quanto à questão. Isto, por conta da realidade dos casos da Covid-19, haja vista a medida ter sido adotada exatamente em prevenção diante da realidade de pandemia decretada pela Organização Mundial de Saúde.

Assim, desde o final do mês de junho o  assunto vem sendo abordado pela Associação, tanto por ofícios, quanto em reuniões, com a devida fundamentação à luz da realidade e complexidade  que a  questão enseja, sempre com reivindicações e proposições sob a ótica da prudência e do encaminhamento adequado, conforme matérias divulgadas (reveja abaixo).

Na última segunda-feira (14), durante reunião com o Presidente do Banco, o assunto foi pautado mais uma vez, haja vista a proximidade do dia 21 de setembro, marco da última fase do cronograma pelo qual os funcionários do chamado “Grupo de Risco” retornariam. Nesta oportunidade, os dirigentes da AFBNB mais uma vez foram enfáticos nas preocupações e demandas e ratificaram a invocação à prudência no sentido de maior cautela, haja vista a situação ainda preocupante da “situação de pandemia” e dos vários relatos dos associados nas diversas unidades.

Dessa forma, mais uma vez expuseram as preocupações, embasados na realidade, com a proposição de adiantamento da referida data de retorno, precedido da elaboração de uma forma mais adequada, para a aferição quanto ao enquadramento “do grupo de risco” no sentido de que o retorno se dê somente quando de fato houver a condição de controle efetivo do problema, o que preconizam os especialistas só ser possível mediante a vacinação.

Na tarde de ontem (16), o BNB divulgou uma mensagem por meio da qual informa o adiamento do retorno, prorrogando as medidas vigentes até o final de setembro, com previsão de retorno para o dia 04 de outubro próximo. Consta também da mensagem que os funcionários do “Grupo de Risco”, mediante um novo processo de declaração quanto à essa situação, após análise, conforme o caso, assinarão um novo termo de adesão para que assim continuem no sistema de “teletrabalho”.

Embora considere importante e necessária a medida, a AFBNB reitera que segue defendendo que fique assegurado que o retorno presencial do referido grupo deva acontecer após a disponibilidade da vacina, de forma a preservar a saúde e a vida dos trabalhadores.

Para a AFBNB, a saúde e a vida é um bem maior, e  tão importante quanto o compromisso com o trabalho e a missão do BNB deve ser a solidariedade e o apoio, onde os interesses coletivos devem prevalecer.  Assim, se reserva no direito de considerar imprudente, insensato e e desrespeitoso tratar a matéria sob a ótica pessoal. Não custa entender, e ver, que a manutenção temporária do teletrabalho para o Grupo de Risco constitui uma situação por demais complexa, que remete à prevenção da própria vida.

A Associação reafirma que seguirá vigilante e atenta neste propósito, inclusive em respeito e solidariedade aos colegas que sofrem acometidos pela Covid-19, com registros, inclusive, infelizmente de perdas. Assim, continuará agindo em consonância com os anseios de seus associados e na confiança de que juntos vamos vencer essa pandemia.

Gestão História e Autonomia para lutar: a AFBNB em ação sempre!

Relembre a atuação da AFBNB sobre esse assunto:

AFBNB se reúne com Presidência do Banco

COVID-19: AFBNB encaminha ofício ao Banco e cobra reversão do retorno ao trabalho presencial

Preservação da vida: BNB atende demanda dos associados representada pela Associação

Combate ao Coronavírus: AFBNB reafirma  isolamento social em defesa da vida

Combate ao coronavírus – AFBNB solicita ao BNB a suspensão do cronograma de retorno às atividades presenciais

Defesa dos trabalhadores: Associação reitera demandas junto ao Banco

AFBNB segue atuando junto ao Banco em defesa da saúde e da vida dos trabalhadores

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome