Reintegração dos demitidos da gestão FHC/Byron – AFBNB se reúne com relator do Projeto de Lei  343/2007

1158

A AFBNB se reuniu no último dia 15 com o deputado federal Florentino Neto (PT/PI), em seu gabinete em Teresina (PI) para tratar do Projeto de lei 343/2007, que objetiva a reintegração dos trabalhadores demitidos do BNB sem justa causa na gestão de Byron Queiroz/Governo Fernando Henrique Cardoso.

A reunião havia sido solicitada em dezembro passado, em documento enviado após a designação do deputado para relatoria do PL (relembre aqui). Pela AFBNB participaram a diretora-presidente Rita Josina Feitosa e os diretores Dorisval de Lima, Gilberto Mendes e José do Egito.

A AFBNB contextualizou o problema, o qual considera uma injustiça que vem se arrastando há tempo demais, sem que tenha sido corrigida, afetando os trabalhadores e suas famílias. O deputado afirmou a intenção de discutir uma proposta de minuta/emendas que possa dar uma resposta definitiva a essa demanda e que fará isso com a participação da Associação.

Mais sobre o PL 343/2007 – O projeto de lei 343/2007 tramita na Câmara Federal desde 2007 e é de autoria do então deputado Chico Lopes (PcdoB/CE) e Daniel Almeida (PcdoB/BA), com quem a AFBNB mantinha um diálogo próximo e produtivo. O PL estava sem tramitar desde 2019 e em dezembro passado foi designada a relatoria na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara.

Outras pautas – Os dirigentes da Associação abordaram a atuação do BNB no Estado e reiteram solicitação de apoio ao deputado para as pautas em defesa dos fundos constitucionais e do fortalecimento do BNB, a exemplo do enfrentamento ao PL 1587. Reforçaram também a necessidade da inserção nos debates em torno da criação do Fundo da Caatinga e acompanhamento das discussões sobre essas pautas no âmbito da Sudene.

O deputado, que acompanha o trabalho do BNB de longas datas, enalteceu o papel do BNB e do ETENE, destacando a importância da instituição no planejamento de políticas públicas na região e o reconhecimento por parte de seu mandato.

Rita Josina avaliou a reunião como positiva e próspera. “É muito gratificante discutir uma pauta tão importante, que é uma luta histórica da entidade, apontando para uma possível correção dessa injustiça, ainda mais quando o interlocutor se mostra interessado em solucionar o problema, tendo em vista que conhece a história do Banco e entende que a democracia e o respeito aos trabalhadores devem ser condizentes com um banco de desenvolvimento”.

2 COMENTÁRIOS

  1. dESEJO UMA JORNADA FUNCIONAL MUITO PRÓSPERA A TODOS OS COLEGAS ANTIGOS AINDA NO TRABALHO, BEM COMO AOS COLEGAS DA aTIVA. qUE IMPULSIONEM O BNB PARA A FRENTE. e COM ELE, NOSSO NORDESTE. vIVA NOSSO bRASIL.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome